O Caminho do Sertão prepara E-book de relatos especiais!

 

   O projeto “O Caminho do Sertão – De Sagarana ao Grande Sertão: Veredas”, por meio de seu setor de comunicação, prepara E-book especial de relatos, produzidos a partir da experiência das viventes de comunicação, selecionas via edital em 2016.

O e-book contará com relatos de vários estilos de escrita, além de fotografias de autoria das viventes. A empreitada marca um esforço de construção coletiva, além do senso de prover uma imagem sobre a Jornada d’Caminho, sobre o povo sertanejo e o Sertão em si, carregada de sentimentos.

O lançamento oficial está previsto para o primeiro semestre deste ano, provavelmente antes da quarta edição do Caminho. O Edital de Vivência em Comunicação 2017 está confirmado, a abertura das inscrições será no mês de maio.

Agradecimentos especiais aos parceiros de empreitada, o:  Estúdio Aspas – Estúdio criativo de produção editorial e fotográfica independente.

 

11967074183_2c725d3bb7_o.jpg

(Foto: O Caminho do Sertão)

 

Anúncios

Inscrições abertas para o Caminho do Sertão 2017

“O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: Esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.” 

João Guimarães Rosa

O CAMINHO DO SERTÃO promove um mergulho socioambiental e literário no universo de Guimarães Rosa e no cerrado sertanejo dos gerais, percorrendo parte do caminho realizado por Riobaldo e seu bando, personagens centrais do livro Grande Sertão: Veredas, rumo ao Liso do Sussuarão.

O Edi-Tao pode ser conferido na aba “Edi-Tao 2017”, ou clicando AQUI.

O ano de 2017 marca a quarta edição do projeto, introduzindo mudanças e experimentos, seguindo pelos vales dos rios Urucuia e Carinhanha, de pé, durante 7 dias. A Jornada busca amantes (do verbo amar), interessados pela dinâmica do cerrado, suas questões socioambientais, aventureiros, e entusiastas da literatura Roseana, prometendo uma experiência única na vida.

As três primeiras edições do Caminho (2014, 2015 e 2016) fizeram um apelo para a questão socioambiental com o mote “Pelo cerrado e suas Culturas, de pé!”. Nesta quarta edição, preservando a dimensão socioambiental, agregaremos outro tema a partir de uma boa efeméride neste 2017, ano em que se completam 120 anos do massacre de Canudos, ocorrido em 1897, no sertão do Brasil. A ideia é provocar ou propor aos caminhantes uma reflexão sobre as trajetórias ou caminhos populares interrompidos ao longo da história republicana do país. Interrupções que vão de Canudos, passando por momentos como o Caldeirão da Santa Cruz do Deserto (comunidade de trabalhadores do Ceará massacrada em 1937), até os dias atuais, com o recente golpe de 2016 que interrompeu uma série de políticas públicas e mudanças sociais em curso no país.

Entre sol, areia, mitos, realidades, sorrisos, abraços e um encharcar-se de sertão, a produção d’Caminho deixa o convite para todos os que desejarem everedar-se. Participem do processo seletivo e entre os dias 08 e 16 de julho, caminhem conosco.

O Caminho do Sertão é realizado pela Agência de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Vale do Rio Urucuia com apoio da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, em parceria com o Instituto Cultural e Ambiental Rosa e Sertão, o Centro de Referência em Tecnologias Sociais do Sertão (Cresertão), a Cooperativa de Agricultura Familiar Sustentável com base na Economia Solidária (Copabase), a Central Veredas e a equipe ECOS do Caminho do Sertão.

SERVIÇO

Evento: O Caminho do Sertão 2017 – De Sagarana ao Grande Sertão Veredas
Data de realização: de 08 a 16 de julho de 2017
Inscrições: até o dia 30 de abril
Informações: caminhodosertao@gmail.com

flyer_frente